15 de fev de 2013

Capitulo 4 - Be Alright


Acordei no outro dia com o sol batendo em meu rosto, sabia que tinha esquecido de algo e tinha esquecido de fechar a cortina, o sol forte queimava meu rosto, hoje parecia fazer mais calor do que os outros dias, levantei da cama e fui ao banheiro fiz minha higiene matinal e fui ao meu closet, coloquei uma calça jeans, uma camiseta qualquer e um tênis da nike, fiz uma trança em meu cabelo e peguei minha bolsa, lembrei que hoje eu teria educação fisica então teria que usar shorts ou moletom e é claro que optei pela calça de moletom, coloquei a calça e mais uma regata na bolsa, peguei meu celular e sai do quarto, fui a sala de jantar e o café não estava mais na mesa, estranhei já que Maria sempre esperava eu sair, fui a cozinha e as coisas estavam na mesa da cozinha
- bom dia Maria - eu disse me sentando em uma cadas cadeiras - por que as coisas estão aqui?
- seus pais quiseram tomar café aqui hoje - ela disse com um sorriso no rosto - vai querer algo de especial pro café hoje?
- sim, vitamina de morango - disse e Maria foi até a geladeira pegar os morangos - aqueles seu amigo - ela falou - ele é bem bonito
- bem bonito mesmo - eu falei enquanto colocava mel em meu waffles - mas não quer nada sério, além do mais ele namora a maior vadia do colégio - falei e Maria riu, ela colocou a vitama em um copo e trouxe até mim, agradeci ela e ela voltou a fazer suas coisas, terminei de comer e olhei em meu celular, estava atrasada, levantei e peguei minha bolsa fui até a garagem e Peter estava limpando os carros
- Peter preciso de uma carona pra escola - eu disse meio rápido
- algum carro de sua preferência? - ele falou olhando pra mim 
- o mais rápido - eu disse rindo
Peter pegou as chaves da caminhote, entrei e Peter fez o mesmo, Peter tinha 35 anos, e era um ótimo motorista, em menos de vinte minutos haviamos chegado na escola, agradeci pra ele e entrei no colégio, fui ao meu armário e o abri peguei meus livros e assim que fechei dei de cara com Justin me encarando, levei o maior susto
- ai garoto, quer me matar? - eu perguntei e ele riu
- não quero te matar
- então o que você quer? 
- conversar com você - ele disse
- Justin eu não posso ser vista com você - falei passando pelo seu lado, mas ele segurou meu braço - solta meu braço - eu disse olhando pra ele, Justin soltou
- me desculpa - ele disse - mas só queria conversar com você
- por que não vai atras da sua namorada? - perguntei e nem esperei ele responder, sai andando o mais rápido de pude dali, hoje seria minha primeira aula de história, quando entrei na sala encontrei Aria, me sentei ao seu lado
- que foi menina - fala Aria preocupada - parece que viu um fantasma
- não foi um fantasma foi pior que isso - eu disse recuperando o fôlego - eu vi o Justin
- Justin? - ela falou espantanda - Justin da Alisson
- infelizmente - eu disse 
- o que ele queria? - ela perguntou
- ele disse que queria conversar comigo, mas já imaginou se a Alisson vê eu e ele juntos o que ela era capaz de fazer
- com certeza iria fazer algo muito ruim - falou Aria a coisa mais obvia do mundo
- sim, por isso evitei ele, mas sabe ele é legal.... - eu ia continuar a falar quandon fui interrompida por Aria
- Hannah você não esta se interessando por ele né?
- eu? - ri da cara de Aria - da onde tirou isso Aria? quero é manter distância dele
- Hannah esse é o melhor que você faz - Aria disse 
- eu sei - disse me virando para frente já que o professor acabará de entrar, tentei me concentrar na aula, mas estava sendo meio dificil, ainda mais com aquele professor que era um Deus Grego, vi os olhares dele para Aria, ai com certeza tinha algo, a aula passou rápido e todos sairam da sala, Aria ainda estava sentada 
- Aria vamos? - perguntei mas ela negou com a cabeça
- vou falar com o professor, depois a gente se encontra 
- tudo bem
Sai da sala e fui até meu armário, abri meu armário e caiu um papel de dentro dele, me abaixei e peguei o papel estava escrito 
"To de olho em você bitch"
Olhei para todos os lados para tentar imaginar quem teria me mandado aquilo, mas ninguém nem se quem olhava para mim, amasssei o papel e joguei na lixeira ao lado, devia ser alguma brincadeira de Alisson ou de qualquer outra pessoa, peguei o livro das próximas aulas.
[...]
A hora mais esperada, hora do intervalo, fui ao meu armário e deixei meus livros lá, já que as próximas aulas seriam educação física, fui ao refeitório, peguei uma bandeja e coloquei um sanduíche, uma gelatina e um suco, fui até as meninas, elas estavam sentada conversando, me sentei ao lado de Emily, abri meu suco e tomei um gole
- Justin foi na sua casa ontem? - falou Spencer olhando séria para mim, me engasguei com minha própria saliva
- como sabem? - falei assustada
- o colégio inteiro sabem - falou Aria
- ai meu Deus, Alisson vai me matar - eu disse preocupada, olhei para a mesa de Alisson e ela como sempre, estava sentada no colo de Justin, ela olhou pra mim e sorriu - com certeza ela vai me matar, tenho que ir embora da escola, vou dizer que passei mal ou algo do tipo - falei me levantando mas Emily segurou minha mão
- não adianata você ficar fugindo, uma hora ou outra ela vai aprontar com você, e é melhor que seja agora - falou Emily
- estou completamente ferrada
- não se preocupe, vamos te ajudar - falou Spencer com aquele ar de mãezona
- obrigada - falei sorrindo
- mas então qual a sua próxima aula? - perguntou Aria
- Educação Fisíca 
- não acredito - disse Emily - você tem o mesmo horário que Alisson 
- é agora que ela me mata de vez 
- não se preocupe, o professor Taylor não vai deixar nada de ruim acontecer com você - Spencer disse, ela falou de um jetio que parecia que ele ja havia defendido ela de algo
- tudo - eu disse
Ficamos mais um tempo conversando até sinal tocar, joguei o resto da comida fora e me dirigi até a quadra, Spencer e Emily teriam o último horário de educação fisíca, então eu só veria elas depois e teria que me virar sozinha com Alisson. Caminhei até o vestiário feminino e tinha algumas garotas lá, fui até meu armário que seria o mesmo número do armário dos livros coloquei minha bolsa em cima do banco e quando eu ia tirar minhas coisas de dentro, alguém me chamou
- Hannah estão te chamando na direção - disse uma garota de cabelos pretos e longos, levantei do bando e caminhei em direção a sala do diretor, cheguei lá e não tinha ninguém me sentei e logo apareceu uma senhora a mesma que havia me atendido no primeiro dia de aula
- quer alguma coisa Hannah? - ela perguntou, e como ela decorou meu nome
- me falaram que o diretor queria falar comigo
- acho que ouve um engano querida, o diretor nem está aqui hoje - ela diz calma e serena 
- tudo bem, devem ter se enganado - eu falei saindo da sala.
Voltei a quadra e vi que os garotos estavam jogando basquete, inclusive Justin, ele olhou pra mim e acenou, fingi que não era pra mim e caminhei pra dentro do vestiário, quando entrei as meninas estavam todas saindo, inclusive Alisson
- boa sorte na sua primeira aula de educação física -  ela disse em um tom de deboche 
Caminhei até meu armário e fui ao banheiro, tirei minha camiseta e coloquei a regata que eu havia trazido, tirei minha calça e coloquei minha calça, sai do vestiário e caminhei em direção a quadra, cheguei lá e o professor estava separando a turma para jogarmos vôlei, ainda bem que eu não tinha ido para o time de Alisson, Alisson estava de frente pros garotos e eu de costas, uma coisa que eu realmente não gostava, começamos a jogar, Alisson sempre jogava a bola e mim, mas eu sempre fui boa no vôlei, então eu conseguia pegar todas as bolas que ela jogava pra mim, mas teve um momento que a bola iria dar na linha e seria ponto delas eu me joguei nno chão e consegui pegar, mas assim que eu levantei todos olharam pra mim e começaram a rir, eu não estava entendo até Alisson dizer
- bela calcinha 
Olhei para baixo e eu estava sem as minhas calças, fiquei vermelha na hora, não sabia o que fazer, olhei para os garotos e eles me olhavam fixamente, peguei minhas calças na tentativa de me esconder mas não estava dando muito certo, senti lágrimas escorrerem sobre minha face, eu estava imóvel, não conseguia me mexer
- o que foi, vai chorar? - fala Alisson rindo de mim - isso é só o começo se você não se afastar de Justin
Sai correndo dali, não estava ligando para risadas e nem piadinhas, corri para o vestiário e fui até minha bolsa, procurei por minha calça mas ela não estava mais lá, olhei para o lixeiro e ela estava toda cortada, certamente Alisson havia armado para mim, e agora como eu iria embora, me sentei no banco e comecei a chorar como uma garotinha de cinco anos que acaba de perder sua boneca favorita, eu não sabia o que fazer naquele momento. Ouvi alguém entrar, já estava me preparadando para as piadinha de Alisson, mas quando eu nolhei era Justin
- o que você quer aqui? - falei séria olhando para ele
- vim te trazer essa blusa, vai ficar grande então vai te servir como vestido - ele fala me entregando, analisei ela e percebi que iria ficar grande mesmo
- por que esta me ajudando? você não percebeu que isso só esta acontecendo por causa daquela droga de trabalho - disse com um pouco de raiva, Justin abaixou a cabeça e se sentou ao meu lado
- sinto muito, isso é minha culpa, mas gosto de conversar com você Hannah e não quero perder sua amizade - ele fala pegando na minha mão, mas logo tratei de soltar, aquilo estava sendo dificil pra mim
- que amizade Justin? Nunca fomos amigos e nem vamos ser - eu disse agora um pouco grossa - eu queria te pedir que nunca mais chegue perto e nem converse comigo, não quero passar por mais uma humilhação como essa
- é assim que você quer? - ele falou olhando em meus olhos
- é assim que devem ser - disse colocando a camisa dele - e obrigada pela camisa, mando alguém entregar pra você - peguei minhas coisas dali e sai, todos me olhavam quando eu sai do vestiário, principalmente por eu estar usando uma camisa do Justin, Alisson olhou com uma cara de que não acreditava de que seu namoradinho tinha me ajudado, sai dali e fui para fora do colégio, estava passando um táxi, então parei ele e pedi para que ele me levasse para casa, dei meu endereço e logo chegamos, paguei a corrida e fui correndo ao meu quarto, mais lágrima temiam a cair sobre minha face, aquele com certeza tinha sido o pior dia da minha vida, tirei a camisa de Justin e joguei em cima da cama, fui até a frente do espelho e comecei a chorar novamente, a metada da escola tinha visto uma parte do meu corpo que eu não mostrava nem a minha mão, decidi tomar um banho para esfriar a cabeça, entrei no box e coloquei na temperatura mais gelada, quando a água bateu em meu corpo comecei a sentir uma sensação boa, de alivio, esperava que aquele pesadelo fosse embora junto com a água, mas o pesadelo só estava começando.

Own meninas estou tão felizes por vocês estarem gostando e estarem comentando, não sabem como me deixa feliz o comentário de vocês <3

5 comentários:

  1. ADOREI esse capitulo, a historia é boa mas não é clichê sabe... to amando msm ! quero saber oq vai acontecer pra o justin e a hannah se aproximarem... e essa história da aria com o professor kkk posta assim q puder ! ;*

    ResponderExcluir
  2. Meus deus, essa Alisson é uma bitch mesmo, e o Justin ainda vem dizendo que ela tem bom coração, aonde? Sei lá, mas meio que fiquei com pena do Justin, poxa ele não tem nada haver, mas por outro lado a Hannah está certa. Bom, chega de falar/escrever, continua logo, pelo amor de Deus, please!
    Beijos linda!

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH que perfect u.u continuaa amr , leitora noova õo/ - By Sãm , bjss

    ResponderExcluir
  4. Que vadia essa Alison, bitch!! Perfeita sua imagine continua logo please!

    ResponderExcluir
  5. tah mto mto perfeita tua ib, que bom q voc voltou a postar.
    bjos

    ResponderExcluir