23 de fev de 2013

Capitulo 13 - Be Alright


Hoje levantei tendo certeza do que eu iria fazer, hoje aquele colégio ia parar.  Levantei da cama, fui ao banheiro e fiz minhas higienes, fiz uns cachos em meu cabelo e dei uma arrumada neles, fui ao meu closet, olhei para todo ele e fiquei pensando com qual roupa eu iria ir, fui até a parte dos meus shorts, peguei um de cintura alta e peguei uma blusa, (roupa)coloquei uma sapatilha e desci até a cozinha, minha mãe estava sentada lendo seu matinal jornal.
- bom dia mãe - eu disse me sentando
- bom dia - ela me olhou e sorriu - ual minha filha até parece famosa
- eu sou famosa mãe, sou sua filha - disse ela riu comigo
- se arrumou assim para aquele garoto? - diz minha mãe dobrando o jornal e colocando de lado
- não - disse rin do - Justin é meu amigo, mas me arrumei para todas aqueles que me olhavam torto por que nunca estar "arrumadinha"
- bem que faz filha - falou minha mãe - final de semana terei o desfile da nova coleção, vai querer ir?
claro - disse sorrindo - posso levar algumas pessoas?
- claro, seus amigos seram sempre bem vindos - ela falou sorrindo - mas agora preciso ver algumas coisas pro desfile - ela se levantou e beijou minha testa - até mais filha
- até - falei sorrindo
Peguei um pouco de suco e coloquei em meu copo, não estava afim de comer, então tomei meu suco e fui até a garagem, peguei meu carro, entrei liguei o rádio e coloquei em uma música do Usher, dei a partida e fui dirigindo para a escola, hoje o trânsito estava mais tranquilo então em menos de quinze minutos eu havia chegado, estacionei meu carro e peguei minha bolsa, coloquei ela no ombro direito e abri a porta do carro, desci e todos me olharam, fui caminhando com a maior pose, sabe aquele filme que as garotas entram e seus cabelos voam de uma forma sexy, então eu estava me imaginando assim, agora se tinha vendo ou não, não sei, mas sei que eu estava me achando, vi todos os garotos olharem pra mim e babarem, as meninas cochichavam, caminhei até meu armário, abri e ele e peguei meus livros, até sentir nmãos em minha cintura, me virei e vi que era Justin
- podia ter me esperado pra gente entrar juntos - ele disse com aquela voz sexy
- entrar sozinha teve mais emoção - falei rindo e ele riu junto
- você é o assunto do momento - ele falou - mas não é pra menos - ele chegou bem perto da minha orelha e disse baixinho - você está linda - ele disse e deu um beijo em meu pescoço, fazendo eu me arrepiar
- não faz isso - disse ainda meio boba
- não gosta? - ele falou e voltou a beijar meu pescoço
- sinto arrepiu - falei com a voz falha
- tudo bem, não irei te atormentar - ele falou - agora, quem sabe depois
- bobo - ri - me desculpa por ontem, estava meio estressada 
- estrassado ou com ciúmes?
- se você disser mais uma veza a palavra ciúmes eu te darei uma tapa - ri e ele riu junto
- tudo bem, eu te perdoo, mas só se você sentar comigo hoje
- mas você senta com Alisson e Chaz, não seria muito legal 
- hoje será só eu e você - ele falou pegando em minha mão
- cuidado sua garota pode estar nós vendo
- ciumenta 
eu ri e logo sem seguida te dei um tapa - cala a boca Bieber
- amo garotas ferozes
- ta bem assanhadinho hoje né - ri e ele me olhou com uma cara de malicioso - vamos pra aula - disse fechando meu armário e Justin veio atrás de mim
- por que soltou minha mãe? - ele disse pegando de volta e eu soltei de volta
- por que não somos namorados, e não quero que tenha essa impressão
- não quer que quem tenha essa impressão? algum garoto que você esteja afim - ele disse parando de caminhar e eu também parei
- o garoto que estou afim nunca ficaria comigo
- por que não? Tenho certeza que qualquer garoto ficaria com você
- até você? - perguntei e ele abaixou a cabeça, já tinha entendido, isso era um não -  depois a gente se fala - disse caminhando o mais rápido que eu pude, quem eu estou querendo enganar? Justin é apenas meu amigo, nunca iria rolar nada entre a gente, mas as vezes ele me confude, fica dando umas indiretas e depois parece que não teria nada comigo. Justin está me deixando louca.Fui até minha sala e todos que estavam lá me olharam, fui até meu lugar e me sentei, logo apareceu Emily
- ual - ela diz de boca aberta me olhando
- oi pra você - ri e ela riu também
- garota eu achando que uma garota nova tinha entrado na escola pelos comentários nos corredores, todos os garotos estão babando por você
- que bom - disse com um meio sorriso
- que cara é essa? - ela me olhou 
- Justin - eu disse
- não vai me dizer que.... - ela me olhou - não acredito, você ta gostando dele 
- acho que sim - eu disse e ela sorriu
- mas por que esssa cara? ta na cara que vocês devem ficar juntos
- não sei, Justin não gosta de mim como eu gosto dele
- duvido muito sobre isso, tipo as vezes da a entender que ele quer ficar comigo, mas tem outras que ele muda completamente, e além do mais ele ta gostando de uma garota ai, ele até terminou com Alisson pra eles ficarem
- ah amiga não fica assim - ela diz passando as mãos em meus cabelos - acho que o certo seria você chegar e falar pra ele o que você sente
- pra mim levar um fora, não obrigado
- não sei, mas eu acho que você deveria agarrar ele e beijar - ela falou rindo
- nem morta farei uma coisa dessas
- você é muito medroza Hannah
- não, eu tenho vergonha na cara- falei rindo e Emily riu junto
[...]
Hora do intervalo, fui caminhando para o refeitório e vi todos me olhando, algumas garotas me olhavam com inveja, outras sorriam pra mim, cheguei ao refeitório e ele parou, aquilo era estranho demais, peguei uma bandeja e fui pegar a comida, peguei um sanduíche, um suco e uma maça, paguei e me sentei em uma mesa, logo senti alguém beijar minha bochecha, olhei e vi Justin sorrindo
- refeitório parou pra ver você entrar - ele falou se sentando ao meu lado
- percebi - falei com um sorriso de canto
- o que aconteceu? ta tão triste - ele falou colocando meu cabelo atrás da orelha, queria poder me declarar pra ele, mas não tinha coragem o suficiente pra fazer isso
- nada demais, as aulas chatas 
-entendo - disse Justin 
- ta afim de ir comigo ao desfile da nova coleção da minha mãe? - perguntei
- claro, seria legal - ele falou sorrindo 
- Alisson não para de olhar pra cá - disse olhando para a mesa em que ela estava - ela deve estar morrendo de raiva de mim
- azar dela - Justin disse - não posso fazer nada se encontrei uma garota melhor que ela 
- é sorte dela - porra Justin, dá pra você parar de falar nessa garota, isso machuca sabia? senti meus olhos arderem, isso significava que logo eu iria chorar
- Hannah você ta bem?
Eu queria poder dizer que não, que eu estava assim por causa dele, que eu precisava sentir seu toque, sentir seu cheiro, seus lábios aos meus, saber que eole era meu, somente meu, mas não consegui dizer isso e apenas disse um sim - desculpa Justin, mas vou pra casa to me sentindo um pouco mal
- quer que eu vá com você?
- não, depois a gente se fala - falei levantando, quando fui passar pela porta, Alisson entrou na minha frente - o que você quer?
- consegui o que queria né - ela diz um pouco de raiva - conseguiu tirar Justin nde mim e agora é o centro das atenções
- Alisson na boa, me deixa em paz - falei pra ela
- calma Hannah, isso terá volta, você vai se arrepender de ter se mudado para essa escola - ela disse com a voz firme, senti um pouco de medo, mas não iria me deixar abalar por ela.
[...]
- isso está um tédio - falei mudando de canal descontroladamente, eu estava esparramada no sofá, usava um shorts velho e uma blusa de moletom, meu cabelo estava amarrado em um coque bagunçado e eu estava sem maquiagem, desliguei a tv e fechei meus olhos, estava tentando dormir, ouvi a campanhia tocar, mas nem que me pagassem eu levantaria dali, então continuei deitada, não deveria ser ninguém já que a empregada não me chamou, fiquei ali viajando em meus pensamentos até sentir alguém fazer carinho em meu rosto, olhei e vi Justin, acabei me assustando com ele e cai so sofá
- sei que sou feia Hannah - ele falou rindo de mim
- idiota você me assustou - falei me levantando - o que faz aqui?
- você disse que não estava bem, então vim ver como minha amiga estava - toda vez que ele me chamava de amiga, era como se eu levasse uma facada no coração
- estou bem, só foi um mal estar mesmo - falei sorrindo e me sentei no sofá, Justin se sentou ao meu lado
- vi que Alisson falou com você, o que ela disse?
- nada demais - Justin me olhou com uma cara de "ela não te disse só isso" - ela disse que eu tirei tudo dela e iria me arrepender por estar naquela escola
- não se preocupe, não vou deixar Alisson fazer nada com você - Justin me abraçou de lado e eu coloquei minhas pernas em cima do seu colo, Justin beijou minha testa e sorriu pra mim. Como ele consegue ser perfeito? Seus olhos, seus lábios, tudo nele me encanta 
- Hannah preciso te dizer uma coisa - meu coração acelerou, será que ele iria dizer que gostava de mim? Hannah não viaja, não viaja, mas e se ele disser,
- pode dizer Justin
- então - ele ficou em silêncio e ficou me olhando - estou pensando em comprar um anel para a minha garota, o que acha? - meu mundo parou, como ele ousa ficar falando dessa tal gartoa que eu nem conheço e já sinto numa enorme raiva
- ah sei lá Justin, faz o que quiser - disse me afastando dele
- Hannah você não está feliz por que estar gostando de alguém
- não é isso - falei de cabeça - mas sei lá, você fica falando toda a hora dela, e isso me incomoda 
- mas Hannah somos amigos, achei que eu poderia compartilhar com você sobre isso - ele disse se aproximando de mim
- pode Justin, mas sei lá, você fala dela como se fosse a pessoa mais perfeita do mundo, e isso me faz sentir inferior
- Hannah ela é perfeita, mas você também é - ele falou enquanto pegava minha mão e entrelaçava nossos dedos - você nunca deixará de ser minha amiga, minha confidente, minha pequena, minha princesa - ele passou sua mão direita sobre meu rosto numa forma de carinho, fechei meus olhos pra poder sentir seu toque, abri meus olhos e Justin estava próximo a mim, eu estava hipnotizada por aqueles olhos cor de mel, aquela boca rosada e aquele perfume delicioso, eu tinha que impedir, mas eu queria tanto isso que estava lutando contra mim mesma para não desistir agora, Justin estava olhando nos meus olhos, ele olhava tão profundamente que parecia estar olhando na minha alma, Justin se aproximava cade vez mais, já podia sentir seu hálito de menta, fechei meus olhos e senti seus lábios tocarem os meus, coloquei minhas mãos em sua nuca e o puxei pra mais perto, Justin pediu passagem com sua língua e eu cedi, nossas línguas travavam uma verdadeira batalha, eu puxava a nuca de Justin dando mais intensidade ao beijo, suas mãos desceram até minha cintura, ele me fez sentar em seu colo, entrelacei minhas pernas em sua cintura, sua mão direita foi para debaixo da minha blusa, fazendo carinho nas minhas costas, a cada toque eu sentia um arrepiu enorme, uma sensação que eu nunca havia sentido em toda a minha vida, eu não queria parar o beijo, mas o ar estava começando a acabar, então fomos encerrando o beijo com longos selinhos, abri meus olhos e Justin estava sorrindo para mim, isso não era certo, não agora que ele estava apaixonado pela garota misteriosa
- me desculpa - disse saindo do seu colo - eu não devia ter correspondido
- tudo bem - ele disse com um sorriso bobo no rosto 
- eu prometo que isso não vai se repetir - falei pra ele um pouco nervosa
- Hannah ta tudo bem - ele pegou nas minhas mãos - foi eu quem te beijou e eu não me arrependo, e você também não devia se arrepender
- mas Justin, somos amigos, não quero perder sua amizade
- Hannah esse beijou não muda nada entre a gente - se aquilo doeu? imagina, talvez Justin estivesse na seca e precisasse de alguém, e é claro sou amiga dele, estou ali pra ajudar ele, mas o que devo fazer quando me apaixono pelo meu melhor amigo?
- ta - eu disse segurando o choro
- mas vou indo, amanhã a gente se fala - ele diz beijando minha testa - e para de pensar nisso ta? 
- tudo bem - dei um sorriso pra ele e Justin saiu
Aqauele beijo me deixou mais confusa ainda, durante o beijo parecia que havia sentimento, tanto meu como dele, mas dele me dizer que aquilo não mudaria nada meu mudo acabará de desmoronar, talvez eu devesse me esquecer dele, talvez eu devesse achar outro garoto, mas quem? Naquela escola só tem idiotas como o Chaz.

6 comentários:

  1. kra q perfeito, tô amando, parabéns !

    ResponderExcluir
  2. Nossa que perfeição!!! Vc é muito diva, cada vez mais apaixonada por sua imagine!!!! Continua logo please!!!!

    ResponderExcluir
  3. Caraca que perfeito!!!! omb eles se beijaram *o* amei ><
    continua plz :)

    ResponderExcluir
  4. ai amei, rolou esse beijo tão esperado, espero q ele fale pra ela q a mesma é a garota q ele gosta. Continua linda, tá muito bom.

    ResponderExcluir
  5. In Love total pela sua imagine, muito perfeita mesnina *-* A cada dia xono mais nela ♥.♥ Continua logo, Please!
    Beijos lindas!

    Ass: Midi dos Santos (@midisantosv)

    ResponderExcluir